Ampére- Suspeito de envolvimento em latrocínio morre em confronto com a PM

JORNAL PRIMEIRA HORA
A Polícia Militar de Ampére recebeu informações na noite de sábado (30) de que em uma residência no bairro Vila Esperança, estaria Célio Vargas, 29 anos, suspeito de envolvimento em um latrocínio ocorrido em Nova Prata do Iguaçu em fevereiro deste ano e que tinha mandado de prisão pela Comarca de Salto do Lontra.

Quando a equipe chegou na casa por volta de 23h45, ao avistar os policiais o suspeito correu para outra casa e quando foi formado o cerco policial ele entrou em um veículo Monza e iniciou uma fuga sendo perseguido pelos policiais, quando então começou a atirar contra a equipe, os policiais revidaram, ele bateu o carro em uma árvore e foi parar em uma lavoura.

O suspeito foi atingido por pelo menos dois disparos, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas entrou em óbito no hospital no início da madrugada de domingo.

No carro foram encontrados um revólver calibre 32, um simulacro de pistola, um punhal um facão e vários outros objetos.

Antes do confronto com a polícia Célio teria entrado na residência e agredido o proprietário com golpes de facão, dias antes já teria cometido agressão contra moradores do bairro.

Após os procedimentos o corpo foi removido ao IML de Francisco Beltrão.

O latrocínio

O crime ocorreu no dia 26 de fevereiro onde Célio e outros três comparsas praticaram o roubo de uma caminhonete na propriedade do senhor Luiz Lubavi, interior de Nova Prata do Iguaçu.

Célio e outro suspeito fugiram com a caminhonete e dois ficaram na casa fazendo a família refém, quando Luiz reagiu e acabou matando um dos assaltantes e foi morto pelo outro. Os outros dois assaltantes também foram presos.

Publicação: Adrieli Langner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *