Francisco Beltrão/Ampére- Identificadas às vítimas do grave acidente na PR-182

O grave acidente registrado na PR-182 entre Francisco Beltrão e Ampére na manhã desta segunda-feira (15) por volta de 09h que resultou em três mortes e quatro feridos foi esclarecido.

Segundo informações apuradas no local pelo jornalista Julio Cesar Alves, da Rádio Ampére, um caminhão com placas de Rondonópolis (MT), conduzido por Elemar Fascarini, 40 anos e um Hyundai/HB 20 Sedan, de Blumenau (SC) conduzido por Jurandir da Silveira, 45 anos, seguiam sentido a Ampére, e no sentido contrário seguia uma caminhonete Ford/F-350 de Ampére conduzida por Moacir Kazmirowski, 45 anos, quando um veículo Fiat/Uno entrou ultrapassando a caminhonete em local proibido, provocou o acidente e fugiu do local. O motorista do caminhão relatou que foi tudo muito rápido. “Eu subia sentido a Ampére e o HB 20 tirou para ultrapassar na terceira faixa. A camionete estava descendo e um Uno que também descia forçou uma ultrapassagem. Foi ai que tudo aconteceu.”

A delegada da Polícia Civil de Ampére Taís Melo, esteve no local e confirmou que testemunhas relataram a existência do quarto veículo que teria provocado o acidente e a polícia investiga para identificar o veículo e seu condutor.

No acidente morreram o condutor do HB20 Jurandir da Silveira, 45 anos, seu pai Manoel Selvino da Silveira, que estava completando 85 anos hoje e Juvenal Vieira, 87 anos, morador em Ponte Nova do Cotegipe em Francisco Beltrão, onde eles estavam passeando. Uma adolescente de 17 anos, que também estava no carro sofreu ferimentos graves, foi socorrida ao hospital em Ampére e posteriormente transferida pelo Samu ao hospital em Francisco Beltrão.

Na caminhonete sofreram ferimentos leves o condutor Moacir Kasmirowski, 45 anos, Bryam Fontana Kasmirowski, 22 anos e um adolescente de 14 anos. Todos foram socorridos e encaminhados ao Hospital Santa Rita de Ampére.

No caminhão estavam o motorista e duas filhas que não tiveram ferimentos.

Atenderam o acidente, Samu de Realeza, Corpo de Bombeiros de Ampére e Francisco Beltrão e Polícia Rodoviária Estadual.

A Criminalística realizou a perícia no local e na sequência os corpo foram removidos ao IML de Francisco Beltrão.

Os ocupantes do HB20 estavam visitando familiares em Ponte Nova do Cotegipe e na manhã de hoje estavam indo visitar familiares em Ampére, quando ocorreu o trágico acidente.

Fonte: PP News FB
Publicação: Adrieli Langner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *