Curitiba- Capitão da PM que atua no Gaeco é preso suspeito de receber propina

Um capitão da Polícia Militar que atua no Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), foi preso em flagrante no sábado (28) em Curitiba. De acordo com o Gaeco, ele é suspeito de corrupção passiva.

A prisão ocorreu após uma investigação de corrupção passiva. O oficial fazia parte do Gaeco em Foz.

Ele passou a ser investigado após uma denúncia feita ao Ministério Público do Paraná (MP-PR), informando que o policial havia pedido R$ 100 mil a um empresário para evitar uma investigação.

O MP fez com que as cédulas fossem marcadas e fotocopiadas e entregues ao capitão, no valor de R$ 20.150, em encontro marcado no bairro Campina da Siqueira, em Curitiba. Logo após a entrega da propina, o oficial foi abordado por policiais do Gaeco. Na revista foi possível localizar o dinheiro entregue pela vítima, que eram as notas já previamente marcadas e fotocopiadas.

Ainda de acordo com o Gaeco, o oficial foi imediatamente desligado de suas funções.

Fonte: PP News FB
Publicação: Adrieli Langner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *